User-agent*search Origem do FUNK carioca - tubemania

Pesquisar este blog

Carregando...

sua pesquisa

Custom Search

16 de fev de 2011

Origem do FUNK carioca

User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:
Origem do FUNK carioca

O funk carioca é um tipo de música eletrônica originado no Rio de Janeiro, derivado e levemente parecido com o Miami Bass, devido à sua batida rápida e aos vocais graves.
No Rio, o funk carioca é chamado simplesmente de funk, apesar de ser um gênero diferente do funk americano.
Na década de 70 surgiram as primeiras equipes de som no Rio de Janeiro, como a Soul Grand Prix e a Furacão 2000, que organizavam bailes dançantes.
Os primeiros bailes eram feitos com vitrolas hi-fi e as equipes foram, aos poucos, crescendo e comprando equipamentos melhores.
A partir da década de 80, o funk no Rio começou a ser influenciado por um novo ritmo da Flórida, o Miami Bass, que trazia músicas mais erotizadas e batidas mais rápidas.
Por volta de 1989, quando os bailes começaram a atrair cada vez mais pessoas, começaram a ser lançadas músicas em português. As letras retratavam o cotidiano dos freqüentadores: abordavam a violência e a pobreza das favelas.
Na época, o funk falava principalmente sobre as drogas, as armas, os comandos; mas alguns artistas desta fase, como Claudinho e Buchecha, enveredaram para outros tipos de tema.
Ao mesmo tempo que as músicas abordavam o cotidiano das classes baixas, alguns bailes começaram a ficar mais violentos e ser palco de “brigas de galeras”, onde pessoas de dois lugares dividiam a pista em duas e quem ultrapassasse as fronteiras de um dos “lados”, era agredido pela outra galera.
A pressão da polícia, da imprensa e a criação de uma CPI na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro em 1999 e 2000 acabaram com a violência em grande parte dos bailes, ao mesmo tempo que as músicas se tornaram mais dançantes e as letras mais sensuais.
Esta nova fase do ritmo, descrita por alguns como o new funk, se tornou sucesso em todo o país e conquistou lugares antes dominados por outros ritmos, como o Carnaval Baiano.


http://www.youtube.com/watch?v=pr_DkNNrf8A&feature=player_detailpage


Atualidade

Recentemente o Funk tem se firmado como o ritmo mais ouvido e o mais influenciador da juventude carioca. Do morro ao asfalto o funk conseguiu, de uma maneira não muito usual, integrar as classes cariocas, tão grotescamente divididas na geografia da cidade.
Ao falar sobre a realidade e atual situação do Rio de Janeiro de maneira irreverente e muitas vezes criminosa, curiosamente o funk caiu nas graças da massa jovem.
Seu ritmo envolvente e batida forte também contribuiram para essa adoração. Algumas letras eróticas e de duplo sentido também revelam uma criatividade e liberdade de expressão comuns a outros estilos musicais populares no Brasil como o Axé e o forró.
O funk ganha cada vez mais espaço fora do Rio e ganha reconhecimento internacional, sendo eleito umas das grandes sensações do verão europeu em 2005 e ser base para um êxito da cantora MIA, Bucky Done Gun. Com o nascimento de novas equipes de funk e rádios de funk, além do interesse cada vez maior nos bailes por parte da classe média, principalmente o Baile do Castelo das Pedras, em Rio das Pedras, Zona Oeste, o funk vem se firmando como um ritmo forte e crescente, apesar do grande preconceito ainda existente.

Funkeiros de destaque Bonde do Tigrão Perlla Dj Marlboro Claudinho e Buchecha Mr. Catra Dj TubarãoMc Leozinho Tati Quebra Barraco Deize Tigrona Mc Colibri Verônica Costa Bonde do Rolê .


http://www.youtube.com/watch?v=VvMGiajRymc&feature=player_detailpage

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

Minha lista de blogs